24 fevereiro 2015
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nunca fui uma pessoa de curtir o carnaval, os meus carnavais sempre foram muito tranquilos, com a família no sitio.  Como namoro há muitos anos também, nunca desejei muito esta data do ano. O único carnaval que curti mais foi uma vez que desfilei em uma escola de samba de Ouro Preto, mas também foi uma experiência em família. Nada de extrema zueira.
IMG_6799Este ano foi diferente, resolvi passar em BH. A ideia a principio era ficar em casa todos os dias, comendo besteiras e vendo filmes. Mas algumas amigas estavam tão empolgadas com os bloquinhos de rua, que decidir ir com elas. E olha me surpreendi, deu para curtir muito e sem nenhum problema.
10954766_626690524141008_4527747628324885117_nFoto: Lorena Nicácio – Fotografia & Arte ( Bloco Então Brilha)

 Há uns dois anos o carnaval está voltando para BH e acredito que este ano ele se firmou de vez. Alguns bloquinhos possuem uma historia muito bacana, eles foram criados como forma de protesto. Como, por exemplo, o bloquinho Então Brilha, que defende os direitos das profissionais do sexo e o bloquinho Praia da Estação, um grande movimento social pela ocupação da Praça da Estação. Fiquei sabendo que este ano foram 200 blocos cadastrados na prefeitura. Para vocês terem uma ideia da dimensão no Rio são 400. Éééé o carnaval de BH bombou mesmo este ano.

 O mais legal de tudo é que tinha bloquinhos para todos os gostos musicais.  Apesar de ser carnaval, uma data que é permitido escutar música brega, tinha opções para quem é mais seletivo musicalmente. Claro, tudo embalado por batuques em ritmo de samba. Na sexta no bloco “Sexta Ninguém Sabe”, e só tocava rock e pop rock acompanhados por uma bateria animada. Estilo Sambô. Adorei, não teve confusão, só gente do bem querendo curtir.  O incrível disso tudo é que parece que a mentalidade da festa aqui na capital é diferente, não tem aquela ideia de pegação, de homens te puxando pelo braço. Nada disso. Deu para curtir na maior tranquilidade.
carnavalbh2 No domingo fui ao bloco Ordinááários, embalados por ritmos do É o Tchan, hahahaha dá para imaginar o zueira? Todo mundo dançando em plena avenida  ♪♪Agora para…para…. pega no bumbum♪♪. rs Queria ter ido em mais blocos, mas quem não tinha programado nenhuma folia, essas duas experiências já foram bacanas. No próximo ano quero pensar nas fantasias e me preparar mesmo para a data.

Na terça-feira as amigas que curtiram os dias intensamente resolveram fazer um churrasco. Um programa relex, estava todo mundo morto. Acho que estamos um pouco velhas para tanta agitação. hahaha

E como foi o carnaval de vocês?

Comments

comments

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nunca fui uma pessoa de curtir o carnaval, os meus carnavais sempre foram muito tranquilos, com a família no sitio.  Como namoro há muitos anos também, nunca desejei muito esta data do ano. O único carnaval que curti mais foi uma vez que desfilei em uma escola de samba de Ouro Preto, mas também foi uma experiência em família. Nada de extrema zueira.
IMG_6799Este ano foi diferente, resolvi passar em BH. A ideia a principio era ficar em casa todos os dias, comendo besteiras e vendo filmes. Mas algumas amigas estavam tão empolgadas com os bloquinhos de rua, que decidir ir com elas. E olha me surpreendi, deu para curtir muito e sem nenhum problema.
10954766_626690524141008_4527747628324885117_nFoto: Lorena Nicácio – Fotografia & Arte ( Bloco Então Brilha)

 Há uns dois anos o carnaval está voltando para BH e acredito que este ano ele se firmou de vez. Alguns bloquinhos possuem uma historia muito bacana, eles foram criados como forma de protesto. Como, por exemplo, o bloquinho Então Brilha, que defende os direitos das profissionais do sexo e o bloquinho Praia da Estação, um grande movimento social pela ocupação da Praça da Estação. Fiquei sabendo que este ano foram 200 blocos cadastrados na prefeitura. Para vocês terem uma ideia da dimensão no Rio são 400. Éééé o carnaval de BH bombou mesmo este ano.

 O mais legal de tudo é que tinha bloquinhos para todos os gostos musicais.  Apesar de ser carnaval, uma data que é permitido escutar música brega, tinha opções para quem é mais seletivo musicalmente. Claro, tudo embalado por batuques em ritmo de samba. Na sexta no bloco “Sexta Ninguém Sabe”, e só tocava rock e pop rock acompanhados por uma bateria animada. Estilo Sambô. Adorei, não teve confusão, só gente do bem querendo curtir.  O incrível disso tudo é que parece que a mentalidade da festa aqui na capital é diferente, não tem aquela ideia de pegação, de homens te puxando pelo braço. Nada disso. Deu para curtir na maior tranquilidade.
carnavalbh2 No domingo fui ao bloco Ordinááários, embalados por ritmos do É o Tchan, hahahaha dá para imaginar o zueira? Todo mundo dançando em plena avenida  ♪♪Agora para…para…. pega no bumbum♪♪. rs Queria ter ido em mais blocos, mas quem não tinha programado nenhuma folia, essas duas experiências já foram bacanas. No próximo ano quero pensar nas fantasias e me preparar mesmo para a data.

Na terça-feira as amigas que curtiram os dias intensamente resolveram fazer um churrasco. Um programa relex, estava todo mundo morto. Acho que estamos um pouco velhas para tanta agitação. hahaha

E como foi o carnaval de vocês?

Comments

comments



Comentários


Deixe seu comentário:

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×