1 dezembro 2016
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

tumblr_lykxabbpwd1r1nv1go1_500_largeUma das melhores sensações do mundo. Não sei explicar em palavras o que senti, quando peguei o avião para o meu segundo destino sozinha. Estava feliz, pelas pessoas que conheci, por ter vencido minha primeira semana em um lugar totalmente desconhecido, pela oportunidade de estar indo para outra cidade, por estar mais segura de que tudo daria certo, feliz por ter coragem de viver aquilo e pela a vida ser incrível. Lembro-me de sentar na janela do avião e observava a cidade ficando cada vez menor, e um turbilhão de sentimentos se passava dentro de mim. Meus pais tinham uma vaga noção de onde eu estava, em algum avião em algum lugar do mundo, amigos e familiares estavam vivendo suas próprias vidas e eu estava ali, sozinha.  As duas cadeiras ao lado estavam vazias, mas eu me sentia completa e completamente bem. Como era bom estar longe de tudo e de todos, como a liberdade é algo indescritível. Como é necessário viajar para longe da sua própria vida de vez em quando.

Como a visão daquela pequena janela de avião estava me mostrando tanta coisa. Ali de cima percebi o quanto o mundo é grande e incrível, que ainda há tanto para ser vivido, ainda há tantas pessoas interessantes para conhecer.  Aquele momento, e tudo que se passava em mim, ficaram eternizados. Parece que amadureci alguns anos em poucos minutos. Ali eu entendi que é possível ser feliz sozinha, que não preciso ter medo da solidão, e que no fundo no fundo é a gente com a gente mesmo. Então precisamos ser uma boa companhia, mais do que isso, precisamos gostar da nossa própria companhia. E as pessoas ao nosso lado precisam vir só para somar, acrescentar e trazer o novo.

Escrevo sobre isso para me lembrar daquela sensação quando algo vai mal na vida. Saber que posso fazer e ser o que eu quiser, só depende de mim, da minha vontade de correr atrás e da minha coragem para enfrentar o novo. É possível viver sensações indescritíveis e aprender tanto sobre a vida apenas olhando mundo de outra ótica.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

tumblr_lykxabbpwd1r1nv1go1_500_largeUma das melhores sensações do mundo. Não sei explicar em palavras o que senti, quando peguei o avião para o meu segundo destino sozinha. Estava feliz, pelas pessoas que conheci, por ter vencido minha primeira semana em um lugar totalmente desconhecido, pela oportunidade de estar indo para outra cidade, por estar mais segura de que tudo daria certo, feliz por ter coragem de viver aquilo e pela a vida ser incrível. Lembro-me de sentar na janela do avião e observava a cidade ficando cada vez menor, e um turbilhão de sentimentos se passava dentro de mim. Meus pais tinham uma vaga noção de onde eu estava, em algum avião em algum lugar do mundo, amigos e familiares estavam vivendo suas próprias vidas e eu estava ali, sozinha.  As duas cadeiras ao lado estavam vazias, mas eu me sentia completa e completamente bem. Como era bom estar longe de tudo e de todos, como a liberdade é algo indescritível. Como é necessário viajar para longe da sua própria vida de vez em quando.

Como a visão daquela pequena janela de avião estava me mostrando tanta coisa. Ali de cima percebi o quanto o mundo é grande e incrível, que ainda há tanto para ser vivido, ainda há tantas pessoas interessantes para conhecer.  Aquele momento, e tudo que se passava em mim, ficaram eternizados. Parece que amadureci alguns anos em poucos minutos. Ali eu entendi que é possível ser feliz sozinha, que não preciso ter medo da solidão, e que no fundo no fundo é a gente com a gente mesmo. Então precisamos ser uma boa companhia, mais do que isso, precisamos gostar da nossa própria companhia. E as pessoas ao nosso lado precisam vir só para somar, acrescentar e trazer o novo.

Escrevo sobre isso para me lembrar daquela sensação quando algo vai mal na vida. Saber que posso fazer e ser o que eu quiser, só depende de mim, da minha vontade de correr atrás e da minha coragem para enfrentar o novo. É possível viver sensações indescritíveis e aprender tanto sobre a vida apenas olhando mundo de outra ótica.



Comentários


Deixe seu comentário:

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×